Compartilhar
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Saúde Ocular: Tudo o que você precisa saber!

Segundo dados divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde), 285 milhões de pessoas estão visualmente prejudicadas no mundo. Por isso, em 10 de julho é comemorado o Dia Mundial da Saúde Ocular, que chama a atenção sobre a importância dos cuidados com os olhos e alerta a população sobre a cegueira e outros problemas que podem trazer riscos para a visão.

A prevenção precisa ser frequente, já que 60% a 80% dos casos de cegueira em todo o mundo são evitáveis e tratáveis se o acometido receber tratamento correto no tempo certo.

Tenha visão!

Você sabia que a visão é um dos mais importantes meios de comunicação com o ambiente? Cerca de 80% das informações que recebemos são obtidas por meio dela. Assim, a detecção precoce de quaisquer alterações pode prevenir complicações que levem à cegueira. E, tenha atenção: doenças como hipertensão e diabetes podem provocar o aparecimento de sintomas oculares e requerem acompanhamento constante.

Conheça, agora, as doenças e os acidentes oculares mais comuns e saiba o que você pode fazer para manter sua visão em dia!

Doenças oculares mais comuns

  • Conjuntivite aguda bacteriana: é reconhecida pela vermelhidão, secreção aquosa, mucosa ou purulenta;
  • Conjuntivite aguda viral: é reconhecida pela vermelhidão, lacrimejamento e pouca ou nenhuma secreção. Às vezes pode ocorrer hemorragia;
  • Tracoma: é uma conjuntivite crônica, reconhecida por vermelhidão ocular, que pode levar à cegueira;
  • Catarata: é a opacificação do olho (cristalino). É reconhecida pela alteração de cor da pupila, que pode variar entre o cinza e o branco. Acarreta a perda gradativa da acuidade visual, porém sem dor;
  • Glaucoma: é o aumento da pressão intra-ocular.

Em qualquer um desses casos, o oftalmologista deve ser procurado para prescrever o tratamento correto e mais adequado.

Acidentes frequentes que podem prejudicar a saúde ocular

  • Substâncias inflamáveis, químicas e/ou medicamentos devem ser mantidos fora do alcance de crianças;
  • Objetos pontiagudos ou cortantes, como facas e tesouras não devem ser manuseados por crianças;
  • Brinquedos perigosos, como estilingue, dardo e flecha devem ser evitados;
  • Cinto de segurança no carro é obrigatório;
  • Crianças devem ser transportadas no banco traseiro do carro, usando as cadeiras adequadas às idades;
  • Tenha cuidado redobrado com esportes violentos e/ou de contato;
  • Mantenha as crianças longe do fogão, quando em uso.

Dicas para proteger seus olhos

  1. Durma, no mínimo, oito horas por noite;
  2. Evite o consumo excessivo de bebidas alcóolicas;
  3. Tenha uma alimentação saudável e balanceada;
  4. Use protetor ocular sempre que houver risco de algo atingir seus olhos;
  5. Lave os olhos com bastante água limpa se cair qualquer líquido neles;
  6. Use óculos ou lentes de contato apenas quando prescritos pelo oftalmologista;
  7. Mulheres precisam tomar cuidado com maquiagens, pois algumas podem provocar alergia;
  8. Utilize óculos escuros com proteção ultravioleta (UV) em ambientes com claridade excessiva;
  9. Evite ambientes com baixa umidade, que favorecem o ressecamento dos olhos;
  10. Visite o oftalmologista regularmente!

Nós queremos te ajudar!

A Ô Insurance é especialista em apoiar empresas que precisam de consultoria para escolher os melhores benefícios e na implantação de programas de gestão! Nossa área de relacionamento busca soluções para campanhas de conscientização e qualidade de vida, acompanhando todas as etapas do processo.

Além disso, entregamos tecnologia para que nossos clientes tenham total controle do uso dos benefícios e tomem as melhores decisões, ganhando tempo e economia de recursos.  

Compartilhar
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados
Como anda o seu colesterol?

A Pandemia mudou muito e continuará mudando, nossa rotina diária. Sabemos que o isolamento social contribuiu para diminuir nossos espaços para exercícios físicos, as oportunidades

Leia mais >
Veja mais histórias
Quer receber mais conteúdos como esses?
Então cadastre-se e receba nossos conteúdos por e-mail!
Rolar para o topo